Canadense inventa creme capaz de remover tatuagem sem causar dor

Reprodução: Dalhousie University
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Reprodução: Dalhousie University

Já vimos muitas histórias de gente que se arrependeu de fazer tatuagem. Daí as soluções passam por reescrever nomes (e daí a emenda fica pior que o soneto) ou fazer desenhos por cima da tatuagem original, de forma a esconder os traços do desenho mal-sucedido. Mas graças a um estudante de Medicina canadense, esses problemas acabaram – como dizia o finado Casseta e Planeta.

Leia também:
Japonês viraliza na web com manobra radical em banheira

Alec Falkenham (foto), um aluno da pós-graduação em Patologia da Universidade Dalhousie, afirma ter criado um removedor de tinta da pele em forma de creme. O produto vai custar por volta de £3 (cerca de R$ 18). Mas calma, o produto removedor de tatuagem ainda está em fase de testes pelo estudante de doutorado da universidade canadense. A inspiração para criar o produto foi pessoal: Falkeham fez uma tatuagem e meses depois queria remover a pintura.

Batizado como Bisphosphonate Liposomal Tattoo (BLTR), o creme age diretamente nas células responsáveis pela absorção da tinta na pele – conhecidas como macrófagos. O creme faz com que a pele produza novos macrófagos no lugar onde estavam as células pintadas com a tinta da tatuagem. Será o fim da remoção da tatuagem por laser? Bela ideia do estudante, não acha?

Siga o Vi na Internet no Twitter: @vi_na_internet

Charles

Jornalista desde 2001. Já cobriu Economia, Meio Ambiente e Tecnologia, com passagem pela Agência USP de Notícias, jornal DCI, MSN, UOL e Yahoo. Já foi correspondente internacional do site Opera Mundi. Mestre em Jornalismo pela USP, dá aula sobre Informação e Novas Mídias na ECA/USP e é fascinado pelas novidades que aparecem na internet.

Comentários

Pin It on Pinterest

Share This