Barbas possuem tantos coliformes fecais quanto um banheiro

Foto: Barbologia
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Foto: Barbologia

Nos últimos tempos, a barba voltou à moda. Seja por causa dos hipsters, por causa do visual lenhador ou apenas por ser associada à masculinidade. Mas pesquisadores do Quest Diagnostics, um laboratório dos EUA, trazem uma má notícia para os barbudos – e suas admiradoras: barbas podem ter tantos coliformes fecais quanto um vaso sanitário de um banheiro sujo, segundo a revista Galileu.

Leia também:
Quais seriam as mudanças na Terra se todo o gelo dos polos derretesse

Para fazer a análise, o microbiologista John Golobic passou um cotonete no rosto de alguns barbudos. Muitos deles tinham bactérias normais, algo esperado para um rosto. Mas outros tinham uma quantidade elevada de coliformes fecais, encontradas no chão de um banheiro sujo, por exemplo. “Algumas dessas bactérias só são encontradas em cocô”, afirmou Golobic ao canal de TV Action 7 News.

Apesar desses micro-organismos não causarem doenças, não significa que a conclusão da pesquisa não seja preocupante. “Isso mostra um nível elevado de falta de higiene”, afirmou Golobic durante a matéria do canal de TV. O cientista recomenda três dicas para quem tem barba grande: lavar a barba, lavar as mãos e evitar coçar a barba com frequência. Confira a reportagem (em inglês) aqui!

Siga o Vi na Internet no Twitter: @vi_na_internet

Charles

Jornalista desde 2001. Já cobriu Economia, Meio Ambiente e Tecnologia, com passagem pela Agência USP de Notícias, jornal DCI, MSN, UOL e Yahoo. Já foi correspondente internacional do site Opera Mundi. Mestre em Jornalismo pela USP, dá aula sobre Informação e Novas Mídias na ECA/USP e é fascinado pelas novidades que aparecem na internet.

Comentários

Pin It on Pinterest

Share This